EU COLHO “MACELA” E VOCÊ?

Quem nunca madrugou, na Sexta-feira Santa, a fim de colher uma planta simpática, medicinal-caseira, em beira de estrada? Explica-se: é uma plantazinha de pouco mais de um metro de altura, carregada de florezinhas amarelas, muito especial para acalmar o estômago, principalmente quando exageramos na comida. Todos, é claro, sabem do que estou falando. Mas e daí: você já colheu macela ou marcela? Se você ama o idioma pátrio, deve ter colhido macela, que marcela, na língua culta padrão, não existe! É pronúncia tida como regional e usada somente por pessoas de curtíssima cultura.