CADÁVER: COM ACENTO?

Tem havido muita confusão em relação ao vocábulo cadáver. Para algumas pessoas, ele não deve ser acentuado, porque no latim também não o era. Enorme engano. Ocorre que, naquele extinto idioma, nenhum vocábulo era acentuado. No momento em que cadáver foi oficializado no idioma português, porém, ele recebeu o acento como todos os paroxítonos acabados em erre! Portanto, cadáver (e dezenas de outras expressões), mesmo tendo sido aportuguesado tal qual se escrevia em latim, deve levar acento.